27 de setembro de 2003   —   03:44:40
Atualmente sou um feliz adepto da filosofia garfieldiana: existem duas coisas boas na vida, elas são comer e dormir. Nada como um bom sanduíche de frango, queijo e bacon e umas horas de sono (exceto sábado à noite, lembrando que ele foi feito para sair). Claro que tem a parte chata de pagar pelo sanduíche, mas dormir ainda é de graça.

25 de setembro de 2003   —   08:51:20
Se ontem eu tava morto e meio, acho que hoje estou meio morto. Nada como faltar a faculdade e dormir durante 14 horas por causa duma gripe. A verdade é que mesmo longe de estar 100% bom, já posso cancelar a encomenda de caixão que fiz ontem à noite. E tomara que amanhã eu esteja melhor, afinal de contas, amanhã é SEXTA!!!

22 de setembro de 2003   —   10:10:51
Hoje é o Dia Internacional Sem Carro! Várias pessoas no mundo inteiro se reuniram e não andaram de carro, andando à pé ou de bicicleta. Eu participei desse dia!

E também participei ontem.

E também vou participar amanhã.

Droga.

   —   05:24:32

“O bom da segunda-feira é que é o dia mais longe da próxima segunda-feira.”

(Eudes Moreira, meu prof. de Biologia ano passado)

18 de setembro de 2003   —   10:56:17
Eu andava tranqüilamente pelo campus do Pici semana passada, quando avistei um jovem jumento coçando o pescoço num tronco. Comovido com a cena promovida pela fauna local, me aproximei do espécime para falar com o belo bichinho. Eis, então, que o puto do Abelardo fotografa tudo. E o safado do Fernando colocou as fotos no seu blog. Eis, aqui, as fotos exatamente como estão lá, inclusive com versos bem escolhidos.

Foi Assim

Foi assim
Eu vi você passar por mim
E quando pra você eu olhei
Logo me apaixonei

Foi assim
O que eu senti não sei dizer
Só sei que pude então compreender
Que sem você meu bem
Não posso mais viver

Não foi tudo um sonho
Foi tudo ilusão
Porque não é meu o seu coração
Alguém roubou de mim seu amor
Me deixando nessa solidão

Foi assim
E agora o que é que eu vou fazer
Pra que você consiga entender
Que sem você meu bem
Não posso mais viver