Teste de atenção

27 de julho de 2008   —   15:33:48
Sensacional. A idéia é contar quantos passes o time de branco faz…

Tradução livre das últimas frases: é fácil não perceber algo por que você não está esperando. Preste atenção nos ciclistas. Merece a divulgação não apenas pela tirada do vídeo que é muito boa, como pelo fato de que há alguns meses venho me aproximando do ciclismo. 🙂

Sobre as energias

21 de julho de 2008   —   07:54:36

David Cunha, o Espanta

Os amigos leitores hão de me perdoar a falta de exatidão da data, mas foi em agosto ou setembro de 1994, quando este que vos escreve tinha apenas 9 anos, que minha família me levou pela primeira vez a um show do finado humorista Espanta (que na época atendia por Espanta Jesus, pois alegava ser tão feio que espantava o pai, o filho e o Espírito Santo, e reduziu o nome por questões religiosas).

Nunca esqueci do Espanta contando uma piada sobre um casal de velhinhos dormindo, de madrugada, quando a velhinha acorda passando mal:

– Meu véi…
– Quié?
– Tá me dando uma coisa…
– Pois receba.
– Meu véi… É uma coisa ruim!
– Pois devolva.

Talvez o Espanta não soubesse, mas além de humorista ele era um pouco filósofo.


Definição pessoal de Deus: Deus é energia em movimento.


A vida tem lá seu jeito de nos enviar sinais, e algo acima de nós tem lá seu jeito de nos indicar caminhos. Precisamos ter mente e coração abertos pra captá-los.

Nuff said.

Special needs

1 de julho de 2008   —   20:09:07
Um homem precisa criar raízes.

Precisa dum lugar pra pregar seus quadros, pôr seus livros sobre prateleiras. Precisa que esses livros tenham, se não respostas, novas perguntas. E precisa duma folha em branco pra derramar suas idéias, pensamentos e sentimentos que talvez nunca venham a ser lidos.

Um homem precisa se desprender de suas raízes, volta e meia, e fortalecer-se com os nutrientes de outros solos.

Um homem precisa dar e receber abraços, repletos de significados, quando palavras não bastarem. Precisa de música pra acalentar o espírito, precisa de outros espíritos pra dividir essa música, e tantas outras, dia e noite. Precisa dum lugar seguro pra descansar seus amores, seus temores.

Um homem precisa lembrar que é humano. Precisa estar ciente de seus limites e dos limites alheios. Um homem precisa de princípios, precisa de um vento que o leve em boas direções ainda que à esteja à deriva.

Precisa de olhos e ouvidos atentos, e precisa saber a hora de ficar em silêncio. E precisa de silêncio como precisa de risos altos.

Precisa meditar. Precisa de paciência precisa de serenidade precisa de coragem precisa de discernimento.

E este homem precisa aceitar suas necessidades, precisa aceitar aquilo de que um homem precisa…