Resultado da busca por priquito:

Quem procura acha que acha

19 de janeiro de 2007   —   12:10:45
Que o Google é a melhor coisa dos últimos anos todo mundo já sabe. Ele já salvou, inclusive, vários trabalhos meus da faculdade, curso de inglês, etc. Mas o bacana mesmo é olhar as estatísticas do meu blog e descobrir como as pessoas chegaram nele. Abaixo, copiado das estatísticas de acesso, mostro algumas dessas palavras que a turma tem procurado no Google (e alguns no Yahoo!).

Tem toda uma turma de gosto duvidoso, em especial pela Sandy:

  • tchurururu tava louco pra te ve
  • clips do claudinho e buchecha
  • sandy sem maquiagem (essa foi procurada duas vezes!)
  • ferias sandy lucas 2007
  • fotos que se mexem do rebelde
  • sandy no ano novo
  • ouvindo forró
  • quero escutar musicas mp3 do olodum (e eu com isso?)
Foto que se mexe do rebelde
Foto que se mexe do rebelde.

Tem também a turma procurando coisas sobre Arquitetura:

  • mão francesa
  • porta pivotante
  • como fazer um pergolado
  • o que é pergolado

A turma desesperada pra tirar carteira de motorista não fica atrás, e é campeã do Google:

  • passar primeira exame direção (só se for aprendendo com meus erros)
  • como ter calma no exame de direção (toma Lexotan, o problema é que você também não vai dirigir)
  • posso dirigir com boletim de ocorrencia
  • teste de psicotécnica para tirar habilitação
  • posso tirar carteira de habilitação com 17 anos? (calma, jovem gafanhoto)
  • simpatias para passar no exame de direção (esse aí não acredita mesmo no próprio potencial)
  • desenho psicotécnico
  • exame de vista
  • detran da maraponga (deviam ter procurado por "Campo de concentração da Maraponga")
Campo de Concentração
A imagem mais próxima que achei do Detran da Maraponga foi essa.
Queria esquecer meus exames de direção…

Também tem gente querendo ajuda, terapia ou procurando belas mensagens:

  • quero virar a mesa
  • como é importante a vida
  • casa de recuperação manassés
  • mensagem para despedida ou de saudade
  • bom conhecer novas pessoas

E a moda havaiana? Será que acham que meu blog é do Jack Johnson?

  • colares havaianos em fortaleza
  • colar havaiano 25 de março

Temos também os tarados de plantão, ávidos por pornografia:

  • adolescentes gostosas
  • deborah soft pelada
  • monique tarada
  • só priquito

E enquanto isso, o chifre tá freqüente no Google:

  • trai namorado
  • porque temos a necessidade de trair (sic)
  • namorado prefere os amigos

Temos também futilidades em geral:

  • dobrar lingua gene
  • se sua namorada não faz Direito eu faço
  • supermercado cumbuco
  • mania jogar fora papéis  velhos
  • marmita térmica
  • o que é bussines (sic)
Puxa vida. Meu blog é visto pelo Google como uma fonte inesgotável de informações variadas, de cultura geral à pornografia. Até saí fuçando pelo meu blog pra saber o que levou as pessoas a achar por aqui a Déborah Soft pelada. A Wikipédia que se cuide.

22 de março de 2005   —   03:08:33
Nota de esclarecimento
E eu postei no meu fotolog essa foto, e várias pessoas aspirantes a Direitos Humanos ou Anistia Internacional disseram que eu sou preconceituoso com o forró e seus seguidores felizes.

Vamos partir do princípio que preconceito é uma idéia formada sem embasamento em fatos.

Existem vários ritmos de que eu não gosto (no sentido de não ouvir, comprar disco), porém respeito. Não escuto jazz ou blues, mas respeito. Não escuto axé, mas acho o Timbalada e o Olodum dois fenômenos importantes. Não escuto metal, mas é um dos estilos mais eruditos e elaborados (e nem todo metal é grunhido, antes de dizerem que é “aqueles rocks doidões que a gente não entende nada”). O forró eu também respeito – Luiz Gonzaga fazia bem seu serviço e acho que o Alceu Valença se garante.

O forró que me irrita é ligar a TV e ver o Dedim Gouveia, ou seja lá como se escreve, em plena tarde, cantando “Cadê o Zé Priquito? Cadê o Zé Priquito? Sem Priquito a festa vai acabar” ou coisa do tipo. Me perturba a sanidade mental a FM93 ou a Liderança FM no ônibus. Me irrita o forró assassinando Wind of Change do Scorpions numa versão que muda totalmente o sentido da música. E por aí vai.

Esses são os fatos. Não é preconceito.