20 de January de 2005   —   03:54:22

Papelaria
Posiciono-me próximo à prateleira, defronte do porta-retrato. Ele lança o desafio: ponha aqui a foto do seu amor. O pequeno objeto toma proporções de esfinge; guarda o retrato da minha sensibilidade e é o espelho da minha insensibilidade, os dois lados do tabuleiro que é minha vida, com peças que se movimentam sem lógica alguma, avançando, recuando, entrando e saindo do jogo numa velocidade absurda.

A ausência da foto empresta uma sensação instantânea de vazio. Vazio, como o conteúdo de papéis em branco onde não foram escritas as cartas com palavras que esqueci. Vazio, como são vazias as caixas que existem na prateleira dois corredores atrás de mim, que um dia não comportaram presentes que nunca foram entregues.

Vazio, como o ar que já foi preenchido por ondas duma canção dolorosa e circulado por uma expiração de exaustão. Um vazio bom, em forma de uma dor latente e anestesiada, coberta com a compressa úmida dum dia nublado. Bom. E agora tanto faz.

O vazio acaricia minha cabeça e diz que está tudo bem agora. Tudo está como deve estar. Tanto faz.

O tempo e o acaso proverão tudo que for necessário. Eu não tenho pressa.

  1. bosta says:

    que bosta enorme

  2. bruna says:

    olá pessoa!!! ^^ontem eu e syrlane lembramos de vc! hehehehehehe, ela perguntou se era eu a tal bruna que tu falou , e que conhece desde num sei quando. =Psó queria dizer que eu tbm tô mais ou menos desse jeito aí.. acho que não em tal profundidade, mas é basicamente isso, porta-retrato vazio, vontade de por uma certa foto, bruna vazia, e talz…=/mas é assim mesmo, acho que vou fazer um rabiscozin e pôr lá! =P sei la!ei! vai no vida & arte naum? tamos por lá! de 16:00 até 00:00h. na customização ( nucleo de moda) passa lá pra fazer uma blusinha de gratis! ;******beijos!

  3. c. gloss says:

    costumo falar da vida como duma caixa de nada guardar. porque se quando tudo terminar, houver alguma coisa dentro dela, talvez já tenha valido a pena. um beijo pro senhor.

  4. Paulo f. says:

    bem! vc sabe que o amor está a caminho, embora venha de forma inesperada, mas a vida é assim, ele vai sorrir pra vc e não vacile sorria de volta.

  5. lud says:

    jah leste "a impontualidade do amor" ?

  6. Flávia Cunha says:

    Bom conselho o do Paulo f.: Sorria! 😀 HahahahaPor fim tudo se resolve. Boa Sorte! :****(Muitas vezes eu me sinto assim também, mas ninguém sabe.)=*

  7. Sirlanney says:

    Hj é meu aniversário tb.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.