14 de February de 2005   —   06:40:46

Ontem acabei indo dormir cedo, e dei de cara com uma manhã tediosa sem nada pra fazer. E sem paciência pra ler livros, estudar ou qualquer uma das atividades rotineiras. A ausência de sono e o calor insuportável tornam impossível qualquer tentativa de dormir. Venho pro computador, o péssimo companheiro das horas tediosas, abrir sites que não abrem e falar com pessoas que não estão conectadas (e se elas estivessem, eu estaria fora do computador – ando sem paciência pra chat mesmo).

(Eu devo estar na faculdade errada. Não suporto mais horas no computador procurando o que fazer, como eu fazia aos 13 anos, quando se pudesse ficava no computador das 14h do sábado até a última hora do domingo antes de dormir.)

E minha mãe perguntou que dia começam minhas aulas, eu falei: “Passando essa segunda, na outra”. Ilusão: é próxima segunda. Falta uma semana.

Quem dera a mim o sábado à noite nunca terminasse.

:: Oasis – Songbird

  1. marina says:

    "Quem dera a mim o sábado à noite nunca terminasse."quem dera, quem dera…

  2. Si says:

    "Quem dera a mim o sábado à noite nunca terminasse Quem dera a mim o sábado à noite nunca terminasse Quem dera a mim o sábado à noite nunca terminasse…"como se fosse uma prece repetida por todos nós.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.