Sobre as energias

21 de July de 2008   —   07:54:36

David Cunha, o Espanta

Os amigos leitores hão de me perdoar a falta de exatidão da data, mas foi em agosto ou setembro de 1994, quando este que vos escreve tinha apenas 9 anos, que minha família me levou pela primeira vez a um show do finado humorista Espanta (que na época atendia por Espanta Jesus, pois alegava ser tão feio que espantava o pai, o filho e o Espírito Santo, e reduziu o nome por questões religiosas).

Nunca esqueci do Espanta contando uma piada sobre um casal de velhinhos dormindo, de madrugada, quando a velhinha acorda passando mal:

– Meu véi…
– Quié?
– Tá me dando uma coisa…
– Pois receba.
– Meu véi… É uma coisa ruim!
– Pois devolva.

Talvez o Espanta não soubesse, mas além de humorista ele era um pouco filósofo.


Definição pessoal de Deus: Deus é energia em movimento.


A vida tem lá seu jeito de nos enviar sinais, e algo acima de nós tem lá seu jeito de nos indicar caminhos. Precisamos ter mente e coração abertos pra captá-los.

Nuff said.

  1. ruth says:

    esse post teve um tom meio "horóscopo"…

    mas no fundo é verdade o que você dissse… ando meio espiritual ultimamente.

    beijoca para você.

  2. Pois é, a questão é captar na hora certa, porque não adianta se tocar depois. Às vezes, essas indicações são muito sutis ou tão óbvias, que a gente nem acredita.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.