Madrugada

Tenho sono de manhã, nas aulas. Vou despertando com o passar do dia e, à noite, minha cabeça está a mil. Brotam mil textos, mil idéias, mil vontades, mil planos. Mas é tarde, e às oito da manhã tenho, após doze quilômetros, que ouvir alguém na minha frente jogando coisas que nem sempre me fazem muito sentido. É quando meu corpo pede pela minha cama e minha alma pede por libertação.

Eu devia estar dormindo agora. E sinto uma certa culpa por isso.

A rotina não tem me feito bem. E a palavra "rotina" ecoa na minha mente todo dia antes de dormir, quando penso no que será do dia seguinte, quando brigarei com ela nos espaços e tempos de sempre.

6 thoughts on “Madrugada

  1. Além do que estudar de dia em casa é um saco. Todo mundo falando, entrando, saindo e o telefone tocando quinze vezes por minuto.
    A madrugada é silenciosa, calma, todo mundo dormindo…

  2. só faltou ter escrito embaixo "dito por melissa".

    não sei bem quando começou, só sei que de uns tempos pra cá eu só sinto sono depois das 6h…minha mãe briga briga briga mas não adianta, não consigo dormir cedo pra acordar cedo…e mesmo quando acordo, pareço uma ameba.

    é à noite que meu cérebro funciona…eu costumo dizer pros meus amigos que eu só funciono depois da meia noite.

Leave a Reply to kataoka Cancel reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.