19 de March de 2005   —   03:06:40

que a chuva caia
como uma luva
um dilúvio
um delírio
que a chuva traga
alívio imediato

— Alívio Imediato, dos Engenheiros do Hawaii.

A chuva me parece fazer tudo passar mais devagar, como se o mundo girasse em câmera lenta. Dá uma sensação de conforto e sossego, lava a alma de alguma coisa. Recuso-me a usar guarda-chuva. Guarda-chuva, meu filho, é coisa pra mulher grávida e criança de até 6 anos. Gosto dos pingos, do frio. E cearense é engraçado: se cai uma goteira, tira aquela blusa manga longa do guarda-roupa. Deviam era curtir a ausência do sol.

É preciso muita chuva pra lavar essa alma impregnada de amargura. Às vezes me permito desarmar por meia dúzia de palavras que me dão alguma fé, em seguida tenho a sensação de que algo está errado e precisa ser alterado.

Por enquanto, hoje o bem venceu o mal.

Mas não me ofereça só o amanhã se eu quero o hoje e o amanhã.

  1. Flavinha says:

    Eu também sinto essa sensação que tudo parece ser mais tranquilo e mais lento…Ai se a chuva levasse embora todos aqueles sentimentos ruins e pequenos que por vez ou outra nos atormentam. ps.: e eu comento sim! Flávia que é Flavinha e não é a outra Flávia 😛

  2. Si says:

    ñ seja tão fraco esdras, sinto vc quase quebrar nessas suas linhas… ninguem gosta de homenzinho.Você é muito mais q isso….eu sei.

  3. bruna says:

    ai aquela chuva de ontem foi boa demais!e a de hoje também.Ficar na janela esticando os braços pra fora pra serem molhados pelos pingos(enormes por sinal) é felicidade pura!ou só ficar parada,calada, olhando a chuva lavar a rua, os carros a cidade…é..extremamente reconfortante.

  4. samantha says:

    valha, quase te conheci no noise, sábado. blusa verde, nera? hum. e achei isso aqui sem querer. gostei. e dizem que tu é brega? eu num sei se eu diga.. bom, de todas as coisas que você não faz, a única que eu faço é beber.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.