Aprendendo a pedalar

Foi num dia desses qualquer que eu pensei que eu precisava dum hobby saudável. Jogar FarCry nos fins de semana é um ótimo hobby, mas não é saudável. E eu também ando tremendamente sedentário e precisava fazer atividade física, mas falta paciência pra malhar. Meu único horário vago pra academia é à noite, quando você pega uma fila com 5 pessoas pra usar o supino e, quando você finalmente consegue, ainda fica um cara mais forte que você (e vestindo o abadá do Fortal passado) esperando na fila com cara de “Esse aparelho é meu!”.


O cruel supino da morte

O cruel supino da morte. Fonte: Wikipedia

Pensei, então, em pedalar. Mas pedalar numa bicicleta normal, nada de bicicleta ergométrica, que você pedala e não sai do canto. Só tem um problema: no auge dos meus 22 anos, quase 23, eu nunca havia aprendido a andar de bicicleta.

(essa é a hora que você, que aprendeu a andar de bicicleta com 7 anos, ri.)

O que você não imagina é que, quando você chega numa roda de pessoas e fala que não sabe andar de bicicleta, aparece um monte que também não sabe, só que elas têm vergonha de admitir até que alguém o faça. Como ando numa fase de renovação e desafios, encarei.

Bem, pensei em conseguir uma bicicleta emprestada pra aprender. Procurei, procurei, e nada. Ninguém tem uma bicicleta encostada pra emprestar. Quando se passa o dia com estudantes de Computação e a noite com pessoas que escutam rock alternativo, você só tem amigos sedentários. Minha mãe e a psicóloga deram o apoio, e eu já tava pesquisando preços de bicicleta quando meu pai decidiu comprar minha idéia e me deu uma de presente.


Caloi Aluminum

Meu brinquedo novo: uma Caloi Aluminum

A escolhida foi uma Caloi Aluminum, uma mountain bike boa pra iniciantes e que anda com dignidade em vários terrenos. Pra escolha contei com auxílio do site Escola de Bicicleta e da comunidade do orkut Bicicleta: o melhor transporte. Se você for comprar uma bicicleta, evite as marcas estranhas e as bicicletas muito baratas da TV e supermercados: elas são pouco resistentes e, segundo a mulher da loja onde montei minha bicicleta, muitas delas já vêm com defeito.

Acabei aprendendo a andar no quintal de casa mesmo (e apesar da insistência de alguns amigos, sem rodinhas). O quintal não é muito grande, mas é o suficiente pra aprender a se equilibrar e pedalar uns poucos metros. Treinando uns 10 minutos por dia, a façanha se deu em poucos dias. Eu imaginei que ia cair e me quebrar, mas ao perder o equilíbrio é só encostar o pé no chão.

Se você também for um adulto que não aprendeu a andar de bicicleta, a dica: não adianta insistir se você está sem paciência, mas tente um pouco todo dia. Tente pegar impulso no chão, pedalar e confiar na Física, se a bicicleta entrar em movimento você não cai. Num belo dia, duma hora pra outra a mágica acontece e você está se equilibrando. Quando as coisas vão começando a melhorar e você vai se sentindo mais leve e relaxado, é uma alegria praticamente infantil.

Já consigo me equilibrar direito, só preciso pegar uma prática melhor com os freios e as marchas. Falta agora achar outros não-sedentários (ou aspirantes a não-sedentários) dispostos a participar da empreitada e pedalar em grupo. Alguém topa?

16 thoughts on “Aprendendo a pedalar

  1. Parabéns, Esdras!

    Quando você estiver bem craque, verá que é possível e conveniente adotar a bicicleta para o transporte regular também.

    Cuide-se e vá em frente!

  2. Esdras, te achei numa comunidade de bikes do Orkut…

    Amigo, poxa, que legal!!! Eu aprendi a andar com 26 anos, há MUITO tempo atrás… ahahahah… e não achei difícil como imaginava não… e adorei sua bike!!!

    Gostaria de ir mantendo o contato com você e trocando idéias. Pois no fundo todos somos sempre iniciantes… no último Natal pedalei na neve e postei meus filmes no Youtube.

    http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=77487596255

    http://de.youtube.com/user/verininha

    Tenho também um blog mas não tenho postado, só comentado..

    http://verinha.blogg.de/

    Abração,

    Verinha Rath, Donauwörth, Alemanha.

  3. Olha aí.. andar de bicicleta eu até sei, mas a última que tive foi a.. deixa ver… uns tantos anos atrás, devia ter uns 10 anos…

    O foda de pedalar é o local… Fortaleza e sua falta de ciclovias… só na Washigton Soares… aí eu vou andar mais de carro pra chegar do que de bicicleta propriamente dita…

    Senão eu até topava! Melhor que academia é, com certeza!

  4. poxa cara gostei da sua historia, parecida com a minha eu tinha dezessete anos aprendi sozinho tambem estavamos num salao que um amigo tinha e sempre faziamos umas festas la de poucas pessoas e um dia tinha uma bike la disse vou tentar. bom começou ai, depois disso a uns anos atras ensinei ate um cara que tinha comprado uma moto no consorcio mas nem sabia andar de bike rsrsrsrrsrs………..

  5. Não tem coisa mais legal que percorrer a cidade de bicicleta: você se sente tão leve e prático. Dá pra perceber mais as ruas, se divertir e, mesmo assim, chegar relativamente rápido aos lugares. Por mais que esteja um sol de rachar, você sua, sua, pedala, pedala e não percebe nenhum cansaço! Pedalar é bom demais 🙂

  6. Ri demais quando li a parte sobre o cara com a blusa do abadá passado… hehehe… é típico!

    Também ando muito de bike por aqui, cara… mas não por esporte… na verdade, é meu meio de transporte para a facul…

    Abraço!

  7. Cara muito massa sua historia! E ai já conseguiu juntar a galera pra pedalar em grupo? tô a fim de participar dessa empreitada, ou então participar de um grupo que já possa existir

    Valeu!

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.