Nas entrelinhas de Londres

Captain Kidd, pub na beira do rio Tâmisa
Captain Kidd, pub na beira do rio Tâmisa

Eu estava num passeio dum grupo de fotografia que começou onze da manhã e passou por um pub. Eu tenho o hábito de precisar mastigar algo quando vou beber, o que é bem caro nos pubs de Londres, então decidi pedir algo mais em conta pro cara do balcão.

— Quero um pint dessa cerveja e… Você tem amendoins?

— Sim, temos os melhores amendoins desse lado do rio. Também temos amendoins apimentados.

Quem me conhece sabe que tenho problemas seríssimos com pimenta.

— Vou querer os amendoins normais. Se eu comer algo apimentado, você vai me ver chorando. Acho que tá meio cedo pra chorar num pub, não?

— Bem, já teve um cara chorando aqui hoje de manhã. É Londres, sempre tem alguém chorando, né?


Às vezes tem uma tristeza no ar, nas pequenas coisas, que deixa meio assustador estar aqui. No Brasil os problemas são enormes, estão sempre à vista. Aqui tem qualquer coisa de triste em pequenas coisas, rotineiramente, dum jeito que às vezes tem algo incomodando e a gente não sabe bem dizer o que é.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.